Acesse nosso site para saber das mais recentes noticias e informações da região - www.tvriachogrande.net - Para anunciar (11) 9945-4728 - reinaldo@riachogrande.net

Desde Março de 2006 você é o visitante nº
Contador

Procissão Centenária de Nossa Senhora dos Navegantes

 

oração

Ó Nossa Senhora dos Navegantes,mãe de Deus criador do céu, da terra, dos rios, lagos e mares ; protegei-me em todas as minhas viagens. Que ventos,tempestades, borrascas, raios e ressacas, não pertubem a minha embarcação e que monstro nenhum, nem incidentes imprevistos causem alteração e atraso à minha viagem, nem me desviem darota traçada. Virgem Maria, Senhora dos Navegantes minha vida é a travessia de um mar furioso. As tentações, os fracassos e asdesilusões são ondas impetuosas que ameaçam afundarminha frágil embarcação no abismo do desânimo e desespero.Nossa Senhora dos Navegantes, nas horas de perigo eu penso em vós e o medo desaparece; o ânimo e a disposição de lutar e de vencer tornam a me fortalecer. Com a vossa proteção e a benção de vosso Filho, a embarcação da minha vida há de âncorar segura e tranqüila no porto da eternidade. Nossa Senhora dos Navegantes, rogai por nós

História:
1953 - Abertura da capela de Nossa Senhora dos Navegantes no bairro Eldorado (atual município de Diadema) e primeira procissão.
1978 - A procissão deste ano é marcada por protestos de grupos ambientalistas pela má qualidade das águas da represa. A procissão é interrompida pelos 15 anos seguintes.
1995 - Retomada da tradição com a procissão saindo das margens da represa Billings no Riacho Grande e indo até Diadema.
1998 - A partir deste ano a procissão passa a ter como ponto de partida o Balneário Mar Paulista, no Bairro de Santo Amaro, capital.
2003 - A procissão volta a ter no Riacho Grande seu ponto de partida, como acontece até a atualidade.

 

Os preparativos para as comemorações dos 58 anos da realização da primeira Procissão de Nossa Senhora dos Navegantes em São Bernardo do Campo já estão bastante adiantados. Considerada um dos eventos religiosos mais tradicionais do Grande ABC, essa importante manifestação da cultura popular, que este ano será comemorada no dia 6 de fevereiro (domingo), contará com uma série de atividades.
Além das tradicionais missas, haverá shows musicais e uma exposição, que aborda, através de painéis ilustrativos, um pouco da história do evento. A saída da procissão náutica de Diadema em direção a São Bernardo (Paróquia de Nossa Senhora dos Navegantes) será às 15h, e a recepção da imagem da santa ocorrerá na Prainha do Riacho Grande. Às 16h30 haverá a procissão com concentração na Praça Olavo Fontoura (Praça da Seringueira), junto à Represa Billings, seguindo pela Avenida Amazonas até a Praça Luiz Gianotto (próxima a Guarda Municipal Ambiental), com concentração na Praça João Olímpio Bassani (Praça da Biblioteca) em frente à Subprefeitura do Riacho.
Às 17h, está programada a celebração eucarística campal e, às 20h, o grupo são-bernardense Raízes do Sertão apresentará toadas, cantigas, canas-verdes, valsas e modinhas. Já às 21h, a orquestra de viola caipira, considerada uma das melhores do Brasil, interpreta sucessos e clássicos da música caipira sob a regência do violeiro Leandro de Abreu.
Alguns restaurantes da região do Riacho Grande prestigiarão os Festejos de Nossa Senhora dos Navegantes preparando pratos especialmente para o dia do evento ou reeditando pratos premiados no 1º Festival do Peixe de São Bernardo, realizado no ano passado. Em 2010, a festa reuniu 1,2 mil fiéis, de acordo com a organização do evento.

 

 

Informações à Imprensa
Secretaria de Comunicação - Divisão de Jornalismo
Telefone: 4348-1043
 
Vanessa Oliveira


 

 

 

Acesse:
Pousada dos Pescadores

O MELHOR DO BAILE COUNTRY E SERTANEJO FONE:4354-0635
(011)9763-2797
 
 

 
blog frança
 
sbctrans
 
 
Dib
 
 
 
 
Todos os direitos autorais ,textos, imagens , obras ou criações de qualquer natureza disponibilizadas neste site, pertencem à www.riachogrande.net ou a terceiros que autorizaram o uso de sua propriedade intelectual e de imagens.
Sendo assim, é terminantemente vedada a distribuição, representação, publicação, uso comercial e/ou utilização de tais materiais, no todo ou em parte, sem a citação da fonte utilizada.
A violação destes direitos é crime, e seu infrator está sujeito às penalidades legais previstas nas Leis 9.610/98 e 9.279/96 e no art. 184 do Código Penal Brasileiro, bem como ao pagamento de indenização pelos prejuízos causados.