Desde Março de 2006 você é o visitante nº
Contador

São Bernardo lança Patrulha de Natal para reforço da segurança em centros comerciais

 
 
 
Operação se estenderá até o dia 24 de dezembro, mobilizando efetivos da GCM, PM, Regimento da Cavalaria e Departamento de Trânsito

A Prefeitura de São Bernardo lançou nesta terça-feira (28/11) a operação Patrulha de Natal, que destinará reforços à segurança urbana nos principais bolsões comercias da cidade durante o período que antecede as festas de fim de ano. Inédita no município, a força-tarefa se estenderá até o dia 24 de dezembro, mobilizando efetivos da Guarda Civil Municipal (GCM), da Polícia Militar (PM), Regimento da Cavalaria e do Departamento de Trânsito. No período, as áreas comerciais também irão contar com bases móveis da GCM.

 
 
A ação tem como objetivo coibir incidentes de furtos e assaltos em regiões comerciais que registram aumento no movimento de pessoas durante o fim de ano, como Rua Marechal Deodoro, Avenida Prestes Maia, Rua Jurubatuba, Avenida Faria Lima, Praça Santa Filomena e pólos comerciais dos bairros Rudge Ramos, Taboão e Demarchi. Para isso, serão destacados entre 30 e 40 guardas para cada ponto de maior movimento, totalizando cerca de 350 GCM´s a mais nas ruas, além de outros efetivos. A operação terá horário de funcionamento equiparado ao das lojas, com atuação diária das 8h às 22h.

 

De acordo com o prefeito Orlando Morando, a expectativa é que os grandes corredores de compras do município recebam, em média, 100 mil pessoas nos sábados que antecedem as festas. “A Marechal Deodoro, por exemplo, é o maior corredor comercial popular em extensão do Estado e o segundo maior em vendas, atrás apenas da Rua 25 de março (Capital). Sempre que há concentração de pessoas, o efetivo da polícia deve se fazer presente. Nesta operação, temos como virtude a união da GCM e da PM, juntas em uma ação estratégica e efetiva”, destacou o chefe do Executivo.

 
Para permitir a ampliação do patrulhamento nas áreas de comércio, a Prefeitura irá investir cerca de R$ 250 mil em horas extras dos guardas. Já a PM atuará no modelo de Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (Dejem). “Hoje, já investimos em hora extra na operação Noite Tranquila. Normalmente, a adesão é alta entre os GCMs. Com isso será possível aumentar o efetivo em um terço. Esperamos ter entre 30% e 40% a mais de guardas durante a operação”, completou Morando.

Toda movimentação nas áreas comerciais e adjacências será acompanhada pelo sistema de câmeras administrado pelo Centro Integrado de Monitoramento (CIM). Apenas na Marechal Deodoro são seis câmeras que monitoram o fluxo de pessoas, atentas a atividades suspeitas. “É uma época do ano que atrai pessoas mal intencionadas. Mais do que lançarmos esta ação inédita, estamos fazendo uma campanha mais abrangente, que envolve toda a sociedade. É a polícia, por meio de suas modalidades, e a sociedade participando para gerar uma maior segurança”, disse o secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos.

Entre as medida de segurança sugeridas à população no período está: não abrir a carteira em público, não andar com dinheiro em cédula, dando preferência às compras no cartão, manter bolsas e carteiras junto ao corpo, evitar multidões, entre outras precauções.

Reforço motorizado – Durante os 27 dias de operação, a GCM ganhará o reforço de seis novas bicicletas motorizadas, emprestadas exclusivamente para a ação pela Empresa Brasileira de Mobilidade Sustentável (EBMS), dona da marca Pedalla, recém-instalada no bairro Jardim Dalva, no mesmo local da fábrica da Termomecanica. “Agradeço a Prefeitura por nos receber e nos deixar colaborar, dando mais agilidade às atividades da GCM”, disse o diretor da Pedalla, José Eugênio Pinheiro.

De acordo com Morando, a experiência da GCM com os equipamentos servirá como “teste” de eficiência para eventual incorporação das bicicletas elétricas à atividade da corporação. Também participaram do lançamento da ação o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Bernardo, Valter Moura, o capitão da PM, Ricardo Augusto da Silva, além de secretários e vereadores da base aliada ao governo.

Texto: Carla de Gragnani
Fotos: Gabriel Inamine/PMSBC

 




 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Para anunciar Fixo: (11)4101-9740 / (11) 7771-8810 ID: *125*109713 - Email: reinaldo@riachogrande.net