Desde Março de 2006 você é o visitante nº
Contador
 

Em São Bernardo, Prefeitura lança "Campanha da Prevenção e Combate à Dengue 2019"

 
Prefeito Orlando Morando anunciou novo plano de ação, que irá intensificar vistorias em imóveis; programa chega a sua 3ª edição
 
 
Com o intuito de reforçar o combate ao mosquito Aedes Aegypti, a Prefeitura de São Bernardo lançou, nesta terça-feira (19/12), a terceira edição da campanha “São Bernardo contra a Dengue ”. O ato reuniu, no Centro de Controle de Zoonoses, o prefeito Orlando Morando, o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, o diretor do Departamento de Vigilância Sanitária”, Dr. Wagner Kuroiwa, demais secretários e vereadores da base aliada.
 
O plano da Administração para 2019 consiste em intensificar as vistorias porta a porta nos imóveis públicos e privados. Além de ações de conscientização sobre as arboviroses nas escolas e para a população em geral. 
 
“Com a chegada do verão, a incidência de Dengue, Zika e Chikungya tende a aumentar e nós não podemos permitir que isso aconteça. Precisamos conscientizar, ainda mais, a população sobre os perigos da proliferação deste mosquito. Antes da instituição do programa, São Bernardo registrava incidências. Em 2016, por exemplo, foram 1.234 casos de Dengue, ano passado notificamos 13 casos de Dengue e este ano reduzimos para sete. Estes dados apontam o quanto o nosso plano está sendo eficiente e eliminando de vez a doença na cidade”, disse Morando.
 
COMBATE –  A preocupação e o cuidado com a Dengue vêm sendo constantes em todo o município. Só este ano, entre os meses de janeiro a novembro, foram realizadas 809.603 vistorias em imóveis. Nestas abordagens, foram localizados e eliminados 1.215 focos do mosquito. O Centro de Controle de Zoonoses conta com 64 Agentes de Controle de Endemias (ACE), que atuam em todas as regiões.
 
 
Responsável pela pasta de Saúde, Dr. Geraldo Reple detalhou sobre o atendimento que é oferecido aos pacientes, com suspeita da doença. “Todas as unidades de Saúde de São Bernardo estão preparadas para identificar os casos e realizar um atendimento ágil e eficaz. Os serviços de atendimento acolhem, classificam o risco e se necessário, transferem para outras unidades, dependendo da complexidade. Criamos um protocolo de atendimento específico para essas arboviroses”, explicou Dr. Geraldo
 
CUIDADO COM AS GESTANTES – Em março de 2017, a Prefeitura também lançou um programa de cuidado específico com as gestantes. Todas grávidas devem procurar a Unidade Básica de Saúde, usuária ou não da rede pública, e notificar logo nos primeiros meses. Após esse processo, as mulheres recebem uma visita dos agentes, que realizam uma ampla vistoria em sua casa e no bairro em que mora.
 
Desde que o programa foi lançado, 2.760 mulheres notificaram a gestação, resultando em 114.684 vistorias. Cerca de 300 focos da doença foram localizados e eliminados.
 
VACINAÇÃO – No ato oficial, o chefe do Executivo também solicitou a ajuda dos profissionais para convencer à população para se imunizar contra a Febre Amarela. “Infelizmente, as pessoas deixaram a vacina de lado e não estão procurando os postos de imunização. Até o momento, aplicamos apenas 53% das doses. Precisamos incentivar as pessoas a se protegerem contra essa doença tão perigosa”, completou o prefeito.
 
Recentemente a Secretaria de Saúde do Estado lançou um alerta, orientando as pessoas que irão viajar para o interior ou para o litoral Paulista a tomarem a vacina. São Bernardo dispõe das doses em todas as 34 Unidades Básicas de Saúde. Para tomar a vacina basta apresentar um documento com foto. O horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.
 
Texto: Gabriela Maria
Fotos: Omar Matsumoto/PMSBC
 
 



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Para anunciar Fixo: (11) 4101-9740 / - Email: reinaldo@riachogrande.net
(11) 9.9945-4728